Campos do Jordão, 16 de agosto de 2017.

maio
18
2007

Estação USP expõe mostra de fotos na Casa da Xilogravura

por: - Atualizado: 18/05/2007 13:44
A Casa da Xilogravura exibe uma mostra de fotos que retratam eventos que vêm sendo realizados pela Universidade de São Paulo em cidades do interior do Estado.

Casa da XilogravuraA Casa da Xilogravura exibe uma mostra de fotos que retratam eventos que vêm sendo realizados pela Universidade de São Paulo em cidades do interior do Estado.

Os eventos culturais e educativos compõem a denominada “Estação USP”, organizada pela área de Relações Públicas e Marketing da Coordenadoria de Comunicação Social da Universidade.

Em seis anos a Estação atendeu mais de 120 mil pessoas envolvendo professores e alunos de várias unidades da USP. Foram realizadas, com o apoio de empresas particulares e comunidade, atividades de: teatro, cinema, literatura, ciências, educação ambiental, saúde e qualidade de vida. A exposição acontece de 5 a 19 de maio.

No mês de julho, a USP promove no mesmo museu um curso de Xilogravura, a apresentação de uma criativa peça teatral de caráter educativo e outros eventos da Estação USP.

Confira também na Casa da Xilogravura:

Mostra temporária: Xilografia na Escola do Horto – Mostra de xilografias feitas por Adolf Kohler e seus discípulos na década de 1940, período no qual esse xilógrafo alemão deu aulas de xilografia no Horto Florestal de São Paulo. Kohler deve ter sido o último xilógrafo a exercitar no Brasil, com rigor, a técnica de ilustração característica do século XIX.

Acervo Permanente: O visitante pode ver, em vídeo ou ao vivo, como são feitas as xilogravuras, ou seja, as gravuras impressas em papel com matrizes entalhadas em madeira. Pode apreciar também quase três centenas de xilogravuras de brasileiros, bem como de artistas da China, Inglaterra, Coréia, Japão, França, Sudão, Espanha, Tailândia, Itália, etc. e gravuras utilitárias (tarô, xilográfico, rótulos, ex-libris, cordel, etc.), que pertencem a um acervo de cerca de 2.000 peças de cerca de 300 artistas. No Jardim o monumento ao cão Chiquinho.

O Artista ou nome da vez: Painel que, presentemente, faz homenagem a Joseph Luyten, especialista em cordel e xilogravura, já falecido. Exibe biografia, livros e objetos do homenageado.

Atelier de xilografia: Sábado (9 às 11:30 horas) e quintas-feiras (9 às 11:30 horas e 14 às 16:30 horas).

O museu funciona:
Das 9 às 12 e 14 às 17 horas – todos os dias de quinta a segunda-feira (fechado nas terças e quartas-feiras)

Local:
Avenida Eduardo Moreira da Cruz 295, esquina da Praça da Igreja Nossa Senhora da Saúde, Bairro Jaguaribe, Campos do Jordão.

Entrada
R$ 2,00 por pessoa
R$ 1,00 maiores de 60 anos
Menores de 12 anos não pagam
Grupos agendados de alunos de escolas não pagam

Mais informações
(12) 3662-1832
Hotel Vila Inglesa

Seja o Primeiro a Comentar

Sobre o Portal NetCampos

Lançado em Janeiro de 2004, o Portal NetCampos se tornou um dos mais completos Portais sobre Campos do Jordão na internet, oferecendo informações para um público que realmente se interessa e visita a cidade.

Logo NetCampos
Guia Turístico e informativo de Campos do Jordão com dicas de hotéis, pousadas, restaurantes, imobiliárias, passeios e muito mais!
Copyright © 2004-2016 - Portal NetCampos - Av. Januário Miráglia, 2342 - Campos do Jordão - SP 12460-000 - (12) 3663-7321