Campos do Jordão, 15 de outubro de 2017.

abr
03
2012

Cineclube Araucária comemora centenário de Mazzaropi com exibições de filmes

por: - Atualizado: 03/04/2012 18:12
Sessões gratuitas acontecem no mês de abril em Campos do Jordão
Filmes MazzaropiO nascimento do artista Amancio Mazzaropi completa cem anos no dia 9 de a abril. 
E para comemorar esta importante data para o cinema brasileiro, o Cineclube Araucária irá exibir uma seleção de filmes do artista ao longo do mês.
Nascido na cidade de Taubaté em 1912, Mazzaropi iniciou sua carreira no circo, passando ainda pelo teatro, rádio e TV. Mas foi no cinema que se tornou conhecido, produzindo 32 filmes durante 3 décadas.
As exibições acontecem no Espaço Cultural Dr. Além, que está localizado na Avenida Januário Miraglia, 1582, Vila Abernéssia em Campos do Jordão.
Os ingressos gratuitos devem ser retirados antecipadamente no local, a partir das 14h no dia da exibição. O Espaço cultural possui 250 lugares.
Confira os filmes que serão exibidos em Campos do Jordão:
Sai da Frente - Mazzaropi13 de abril, 19h30
Sai da Frente
De Abílio Pereira de Almeida, Brasil, 1952, Comédia, 80 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi,  Ludy Veloso, A. C. Carvalho Nieta Junqueira.
Neste seu primeiro filme, Mazzaropi é Isodoro ol epicula, um humilde motorista proprietário de um caminhão  caindo aos pedaços chamado Anastácio. Isodoro é  contratado para levar uma mudança de São Paulo até Santos e parte com a caçamba exageradamente lotada de tralhas! Acompanhado por seu cachorro “Coroné”, ele irá aprontar todas as confusões possíveis envolvendo funcionários públicos, policiais, motoristas, uma trupe de circo e quem mais aparecer no caminho. Sai da Frente que lá vem gente!!!! 
Jeca e a Égua Milagrosa14 de abril, 19h30
O Jeca e a Égua Milagrosa
De Pio Zamuner, Brasil, 1979, Comédia, 102 min, 10 anos. Com Amácio Mazzaropi,  Geny Prado, Gilda Valença, Ruy César Ribeiro.
Na caça aos votos, dois fazendeiros fazem de tudo para se elegerem prefeito numa cidade do interior. Os dois coronéis, Libório e Afonso, tentam influenciar os moradores para conseguir votos. O fazendeiro Libório tem em seu terreiro, como atração, uma égua a quem a população atribui poderes de cura. Os milagres feitos pela égua correm pela cidade e contribuem para indispor Afonso e Libório.
O Vendedor de Linguiça15 de Abril às 15h (2 filmes)
O vendedor de Linguiça
de Glauco Mirko Laurelli, Brasil, 1962, Comédia, 95 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Ilena de Castro, Carlos Garcia, Maximira Figueiredo.
Mazzaropi é o homem trabalhador, que ganha a vida vendendo linguiça. Mas não é uma vida fácil: além de dar duro, ele tem de resolver problemas familiares.
Casinha PequeninaCasinha Pequenina
De Amácio Mazzaropi, Brasil, 1963, Comédia, 95 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Tarcísio Meira.
Este filme, que é considerado a obra-prima de Mazzaropi, traz um elenco de estrelas e marca a estreia de Tarcísio Meira no cinema. É uma tocante história sobre a luta contra os poderes corruptos dos coronéis em um épico que tem como pano de fundo, a libertação dos escravos no Brasil do século XIX. Interpretações soberbas e imagens belíssimas em um clássico do cinema nacional que é até hoje, um recordista absoluto de bilheteria!
Tristeza do Jeca20 de abril às 15h30
Tristeza do Jeca
De Amácio Mazzaropi, Brasil, 1961, Comédia, 95 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi,  Ludy Veloso, A. C. Carvalho Nieta Junqueira.
Um simples e popular caipira chamado Jeca (Mazzaropi) é obrigado a se envolver em política quando os líderes da região, que estão competindo na eleição para prefeito da cidade, querem a todo custo seu apoio. Atrapalhado, Jeca faz propaganda para dois políticos ao mesmo tempo, provocando divertidas confusões. Primeiro filme colorido de Mazzaropi.
A Banda das Velhas Virgens
21 de abril às 19h30
A Banda das Velhas Virgens
Pio Zamuner e  Amácio Mazzaropi, Brasil, 1979, Comédia, 82 min, 10 anos. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Renato Restier, André Luiz Toledo.
O caboclo Gostoso é o maestro de uma banda feminina, formada unicamente por mulheres idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos na igreja. Gostoso tem dois filhos, Dorinha e Nestor, e todos trabalham nas terras do Coronel Gerêncio, um rico fazendeiro do lugar. Dorinha e Nestor namoram os filhos do patrão e quando isso é descoberto, são severamente punidos e afastados da fazenda. Desamparado e sem a ajuda dos filhos para realizar os trabalhos da roça, Gostoso decide mudar-se para a capital. Lá a família começa a trabalhar num depósito de lixo, recolhendo sucata para vender no ferro-velho. Um dia acham um pequeno saco contendo jóias valiosas, que julgam ser bijuterias baratas. Mas elas são verdadeiras.
Jeca e seu filho preto22 de abril às 15h (2 filmes)
Zeca e seu filho Preto
De Pio Zamuner e Berilo Faccio, Brasil, 1978, Comédia, 104 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Jair Talarico, André Luiz de Toledo, Denise Assunção, Leonor Navarro, Joanes Dandaró, Elizabeth Hartmann.
Zé do Traque, colono pobre em uma fazenda de propriedade do coronel Cheiroso, tem dois filhos – o preto Antenor e o branco Laurindo – que são motivos de admiração e curiosidade por causa da diferença de cor. Os dois rapazes trabalham na sede da fazenda e Zé do Traque, na roça. O coronel Cheiroso tem uma filha professora, Laura, que inicia um Namoro com Antenor. O romance desencadeia a ira do coronel, que passa a perseguir Zé do Traque e sua família. Um compadre do proprietário, coronel Rebouças, protege os jovens e está disposto a promover o casamento. No entanto, só um julgamento no tribunal da cidade conseguirá resolver o mistério.
O LamparinaO Lamparina
De Glauco Mirko Laurelli, Brasil, 1963, Comédia, 83 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Zilda Cardoso, Emiliano Queiroz, Carlos Garcia.
Um dos maiores comediantes do cinema brasileiro de todos os tempos, Amácio Mazzaropi satiriza em O Lamparina o gênero do filme de cangaço, popular nos anos 1960. Confundido com um cangaceiro, junto com sua pequena família, na cidadezinha nordestina de Sororoca, Mazzaropi inverte os clichês da aventura de ação, típicos tanto do cangaço quanto do faroeste, impregnando de singela humanidade um personagem básico do imaginário brasileiro – o homem do povo, pequeno e perdedor, mas que consegue reverter suas desvantagens com a esperteza. Ídolo consagrado na época deste filme, Mazzaropi mais uma vez arrisca-se como cantor, interpretando em cena um baião, Lamparina do Nordeste, e uma balada caipira, Alma solitária, ambas de seu compositor favorito, Elpídio dos Santos.
Hotel Vila Inglesa

Seja o Primeiro a Comentar

Sobre o Portal NetCampos

Lançado em Janeiro de 2004, o Portal NetCampos se tornou um dos mais completos Portais sobre Campos do Jordão na internet, oferecendo informações para um público que realmente se interessa e visita a cidade.

Logo NetCampos
Guia Turístico e informativo de Campos do Jordão com dicas de hotéis, pousadas, restaurantes, imobiliárias, passeios e muito mais!
Copyright © 2004-2016 - Portal NetCampos - Av. Januário Miráglia, 2342 - Campos do Jordão - SP 12460-000 - (12) 3663-7321