Campos do Jordão, 17 de outubro de 2019.

jan
29
2019

Fevereiro tem programação Cultural no Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão

por: - Atualizado: 29/01/2019 18:48

Muitas atrações culturais aguardam pelo público em Campos do Jordão no mês de Fevereiro.

Além do clima ameno do verão na serra, o Museu Felícia Leirner apresenta uma série de eventos, onde o público participa, aprende e se diverte através da arte.

Com um extenso jardim, o museu abriga dezenas de obras de arte, que completam a paisagem natural de Campos.

Neste espaço também encontra-se o Auditório Cláudio Santoro, cujo palco recebe grandes orquestras e diferentes atrações ao longo do ano.

Na programação de Fevereiro estão inclusas brincadeiras e informações sobre o próprio museu, sobre Campos do Jordão e a natureza do entorno.

Entre os temas abordados nas oficinas e exposições culturais estão: diversidade corporal, brincadeiras de infâncias para pais e filhos, técnica chinesa do origami, atividades literárias, expressão vocal, e reflexões e informações sobre a Semana de Arte Moderna de 1922. Dentre outros.

A agenda ainda conta com recital de música clássica e apresentação Musical Duo Sarabudja.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro
Endereço: Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Alto da Boa Vista – Campos do Jordão
Entrada: inteira R$10,00 e meia R$5,00 (estudante e idoso) – gratuita aos domingos

Confira a programação cultural do Museu Felícia Leirner para Fevereiro em Campos do Jordão:

De 1 a 28 de Fevereiro de 2019
Roteiro Cultural – Campos do Jordão
Em parceria com o Museu Casa da Xilogravura, a ação consiste em jogos, enigmas e brincadeiras que interligam as instituições e incentivam o público a conhecer os dois importantes espaços culturais da cidade. Depois da diversão, a família participante ainda ganha um certificado! Imperdível! Pergunte a um de nossos educadores como participar!
Horário: das 09h00 às 18h00

De 1 a 28 de Fevereiro de 2019
Ligue os Pontos: Meu Museu, Minhas Conexões!
A atividade deixará a visita ainda mais divertida! Para participar, basta solicitar a orientação dos educadores e um mapa com a localização das esculturas no museu. Nele, o participante deverá apontar uma rota com as obras que mais gostou. No final, receberá um barbante colorido e reproduzirá a seleção alinhavando o seu “roteiro pessoal” em um painel coletivo. Participe e contribua para tornar o nosso painel ainda mais especial!
Horário: das 09h00 às 18h00

De 1 a 3 de Fevereiro de 2019
Exposição: Cultura Popular e Diversidade Corporal no Folclore Brasileiro
A exposição apresenta uma reflexão sobre a importância da sensorialidade e da acessibilidade para a construção de uma sociedade mais inclusiva. Com uma visão diferente da habitual, retrata os personagens do folclore brasileiro, como o Saci, com corpos diferentes. Assim, instigando a curiosidade dos visitantes e incentivando a exploração das possibilidades e percepções do corpo.
Horário: das 09h00 às 18h00

Dias 2, 3, 9, 10, 16, 17, 23 e 24 de Fevereiro de 2019
Visita Educativa
Nos finais de semana, você e sua família poderão desfrutar de um passeio muito especial! A equipe de educadores do Museu oferecerá visitas educativas em horários fixos, voltadas para todos os públicos. As visitas levarão os visitantes a conhecerem um pouco mais sobre a coleção de esculturas e o auditório, além das características da própria natureza do entorno. Nos demais dias, o visitante pode solicitar o acompanhamento de um educador em qualquer horário de funcionamento dos equipamentos culturais.
Horários: às 10h00, às 11h00, às 15h00 e às 16h00

Dia 2 de Fevereiro de 2019
Oficina de Dança Acrobática Para Pais e Filhos
A oficina coordenada pela bailarina e acrobata circense Claudia Millás tem como objetivo possibilitar um espaço de encontro entre pais e filhos. Com o intuito de desenvolverem atividades que permitam maior contato com corpos, gerando confiança e intimidade. Durante as três partes da oficina, Claudia irá propor a introdução às acrobacias de solo e brincadeiras de infâncias e corporais, na possibilidade de reconhecimento corporal e resgate de sentimentos aos participantes
Horário: às 10h00

2 e 3 de Fevereiro de 2019
Família no Museu – Tradições Compartilhadas
Em comemoração ao ano novo chinês, celebrado em 05 fevereiro, o público poderá acessar conhecimentos e curiosidades sobre essa rica cultura, aprendendo a milenar técnica do origami. Uma oportunidade para celebrarmos a união entre os povos e enriquecermos os nossos conhecimentos, com muita diversão! Limite de 20 participantes.
Horários: às 10h30 e às 15h30
Vagas: limite de 20 pessoas

9, 10 e 17 de Fevereiro de 2019
Família no Museu – Liberdade Criativa
Nestes dias os visitantes do museu e auditório poderão conhecer o processo de criação artístico da escultora Felícia Leirner. Suas expressões, linhas, inspirações e a liberdade poética serão abordadas e relacionadas à Semana de Arte Moderna de 1922.
Horário: das 10h30 às 15h30
Vagas: limite de 20 pessoas

10 de Fevereiro de 2019
Toriba Musical: Árias e Duetos de Óperas
A soprano Marly Montoni e o tenor Ulisses Montoni acompanhados pelo pianista Antonio Luiz Barker se apresentam no Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro no projeto Toriba Musical. O recital terá sucessos como, “O Mio Babbino Caro” da Ópera Gianni Schicchi, “All I Ask of You” do musical O Fantasma da Ópera e “On the Street Where You Live”, do musical My Fair Lady.
Horário: às 11h00
Entrada: gratuita

16 de Fevereiro de 2019
Esquenta FLIMA: Festa Literária Internacional da Mantiqueira – O homem que Queria ser Pássaro
Quem nunca sonhou em voar? Na história de Diana Gerbelli, o personagem é um homem que desejava voar, mas tinha os pés enraizados na terra. Com o passar das estações do ano, as aves o ensinaram a ter liberdade e os voos se mostraram múltiplos. Dublê de artista plástica e autora, Diana mora em Monteiro Lobato, na Serra da Mantiqueira e narra histórias há quase dez anos, espalhando poesia e ensinamentos da natureza (e da vida) para crianças e adultos, incentivando os seus próprios voos. Em 2019, ela levará a sua arte para a FLIMA, a Festa Literária Internacional da Mantiqueira, que acontece de 16 a 19 de maio, em Santo Antônio do Pinhal, a 20 minutos de Campos do Jordão. O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro são parceiros da FLIMA e oferecerão atividades literárias mensais para crianças, jovens e adultos, além de formação para professores, ao longo de 2019. Acompanhe!
Horário: às 15h00

16, 23 e 24 de Fevereiro de 2019
Família no Museu – A influência de uma Época
A semana da Arte Moderna de 1922 foi um marco na história da arte no Brasil. O movimento liderado pelos artistas brasileiros, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade, impactou a sociedade da época e influência o mundo da arte brasileira até os dias de hoje.
Os participantes serão convidados a voltarem ao tempo a partir de uma reflexão sobre a semana de 1922, conhecendo a produção artística do período, podendo se expressar por meio de desenhos, poemas e diálogos. Limite de 20 participantes.
Horário: às 10h30 e às 15h30.
Vagas: limite de 20 pessoas

9, 20, 21 e 22 de Fevereiro de 2019
Escola Vem ao Museu
Entre os dias 19 e 22 de fevereiro, as escolas poderão escolher uma das seguintes ações para realizar no Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro:
Tradições Compartilhadas: Em comemoração ao ano novo chinês, celebrado dia 05 de fevereiro. Os estudantes poderão acessar conhecimentos e curiosidades sobre essa rica cultura, aprendendo a milenar técnica do origami. Uma oportunidade para celebrarmos a união entre os povos e enriquecermos os nossos conhecimentos, com muita diversão!
Liberdade Criativa: Neste dia os estudantes poderão conhecer o processo de criação artístico da escultora Felícia Leirner. Suas expressões, linhas, inspirações e a liberdade poética serão abordadas e relacionadas à Semana de Arte Moderna de 1922.
A influência de uma Época: A semana da Arte Moderna de 1922 foi um marco na história da arte no Brasil. O movimento liderado pelos artistas brasileiros, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade, impactou a sociedade da época e influência o mundo da arte brasileira até hoje. Os estudantes serão convidados a voltarem no tempo a partir de uma reflexão sobre a semana de 1922, conhecendo a produção artística o período podendo se expressar por meio de desenhos, poemas e diálogos.
As atividades acontecerão mediante agendamento prévio, com capacidade de uma turma por horário.
Horário: às 9h30 e às 14h30
Vagas: limite de 20 pessoas

23 de Fevereiro de 2019
Oficina Continuada de Expressão Vocal “Viver o Canto”
A Oficina Continuada de Expressão Vocal “Viver o Canto” ministrada pela cantora, educadora e terapeuta Cecília Valentim, apresenta, o canto como forma de comunicação, troca e integração entre experiências de vida e suas diversidades. Durante os dez encontros de pura vivência, o participante terá a oportunidade de desenvolver a expressão vocal como forma de espontaneidade, alegria, criatividade e conhecimento interno pessoal, como o bem-estar corporal, mental e emocional. Nas atividades coletivas, o canto em grupo estabelece vínculos e o partilhar de experiências entre os participantes. A oficina também utiliza como mentor a abordagem da Arte do Ser Cantante, projeto de Cecília que busca as práticas de sensibilização, consciência e integração corporal entre os participantes. Sobre Cecília Valentim: Doutoranda e Mestre em Psicologia da Arte pelo Instituto de Psicologia da USP. Graduada em Música/Canto pela Faculdade de Artes Santa Marelina, foi aluna e assistente de H.J. Koellreutter por 12 anos. Especializou-se em Música Antiga na Inglaterra, com Emma Kirkby e Evelyn Tubb e na Espanha com Jordi Savall e Montserrat Figueiras. Formou-se em Healing Voice e Overtone Chanting na Inglaterra, com Jill Purce Pioneira no Brasil e inovadora na Arte do Canto como caminho de transformação pessoal e expressão.
Horário: das 10h00 às 12h00

24 de Fevereiro de 2019
Domingo Musical – Apresentação Musical Duo Sarabudja
O Duo Sarabudja, composto por Hélio Ramalho e Ricardo Mingardi apresenta ritmos de Cabo Verde e do Brasil, cantado em Criolo com releituras populares dos povos e composições próprias. A dupla mistura voz, violão, batidas eletrônicas e união entre Cabo Verde – Brasil, formando uma mistura de culturas, com tempero único e original.
Horário: às 11h00
Entrada: gratuita

Reserve seu Hotel ou Pousada para aproveitar o mês de Fevereiro em Campos do Jordão

Hotel Vila Inglesa

Seja o Primeiro a Comentar

Sobre o Portal NetCampos

Lançado em Janeiro de 2004, o Portal NetCampos se tornou um dos mais completos Portais sobre Campos do Jordão na internet, oferecendo informações para um público que realmente se interessa e visita a cidade.

Logo NetCampos
Guia Turístico e informativo de Campos do Jordão com dicas de hotéis, pousadas, restaurantes, imobiliárias, passeios e muito mais!
Copyright © 2004-2016 - Portal NetCampos - Av. Januário Miráglia, 2342 - Campos do Jordão - SP 12460-000 - (12) 3663-7321