Atletas de Campos do Jordão são campeões da maior prova do ciclismo amador da América Latina

dois atletas jordanenses foram destaques, ocupando a posição mais alta no pódio do evento.

por: Alan Germano ( 4 semanas atrás ) - Atualizado: 28/09/2021 10:43

Quem esteve em Campos do Jordão neste último fim de semana, pode acompanhar de perto a maior prova do ciclismo amador da América Latina. Realizada em Campos do Jordão deste o ano de 2018, a edição brasileira do Tour de France, como é conhecida o L’Etape Brasil, mais uma vez transformou Campos do Jordão, literalmente no epicentro nacional do ciclismo brasileiro.

O evento neste ano de 2021, teve seu início na sexta-feira (24) e atingiu o ápice no domingo (26), dia da realização da prova, onde mais de 3.000 ciclistas largaram e puderam percorrer diversas regiões da Serra da Mantiqueira, nas modalidades de 104km (percurso longo) e 60km (percurso curto). Muitas equipes, cidades, estados e países, estiveram representados pelas diversos atletas participantes, que deram um show durante sua estada em Campos do Jordão.

Segundo o organizador do evento Bruno Prada, medalhista olímpico de vela, a estratégia foi trazer um evento para uma cidade que tivesse uma estrutura hoteleira e de restaurante fora de série, que é o caso de Campos do Jordão e que tivesse, ao mesmo tempo, estradas desafiadoras para os ciclistas.

Ao todo já foram realizadas 7ª edições da prova no Brasil, e essa de 2021, teve um gostinho especial para a cidade de Campos do Jordão, principalmente porque dois atletas jordanenses foram destaques, ocupando a posição mais alta no pódio do evento.

Na prova longa de 104km, a atleta Adriele Alves de 26 anos chegou em 1º Lugar, com o tempo de 2h54min18 e na prova curta de 60 quilômetros Rafael de Oliveira, de 30 anos, foi o campeão geral com o tempo de 1h39min29.

É com muito orgulho, desses atletas do ciclismo jordanense, que deixamos aqui, um pouquinho da história, inspiradora de cada um deles.

Sobre Adriele Mendes Alves

Ciclista e Empreededora, essa é a vida de Adriele Alves, uma jordanense de 26 anos que vem encantando a todos com a sua trajetória de muito sucesso. Atualmente Adriele, além de ser empreendedora, é uma atleta profissional, e desde 2019, foi convidada a integrar, a maior equipe de ciclismo feminina da América Latina, a Memorial Team, o que proporcionou para Adriele, participar de inúmeras competições na Europa, melhorando ainda mais seu condicionamento e resultados.

Como atleta, sua jornada iniciou-se hà 6 anos no mountain bike, onde teve a oportunidade de treinar com a atleta Adriana Nascimento, também jordanense, pioneira e um dos maiores nomes da modalidade no Brasil. Em busca de melhorar sua performance na modalidade, Adriele, conta que adquiriu uma bicileta de estrada, algo que é muito comum entre os atletas do mountain bike, leia aqui uma matéria especial, que fizemos sobre a Adriele no ano de 2020.

Na edição do L’Etape Brasil de 2020, Adriele, obteve um excelente resultado, ficando em 1º Lugar na categoria Feminino de 18 a 34 anos, percorrendo os 107km, com o tempo de 3:34:52 e em 4º na categoria geral Feminino. Após meses de muito preparo, dedicação e participação em outras competições, a ciclista veio muito bem para a 7ª etapa do L’Etape Brasil.

Todo o esforço valeu a pena, e para consagração Adriele, conseguiu seu objetivo, chegando em 1º Lugar na categoria geral Feminino com o tempo de 2h54min18.

Em uma publicação no seu perfil do instagram, Adriele diz: “O esporte é algo maravilhoso exatamente por sua complexidade, e vencer vai muito além de somente trabalhar duro! Posso dizer que a tranquilidade mental foi o que definitivamente me fez estar 100% bem no dia da prova e a partir disso ter conseguido entregar o meu melhor!

O caminho é árduo e as vezes amargo (como no ano passado) mas enfrentar a derrota de cabeça erguida, nos dá resiliência e força para seguir e descobrir a nossa melhor versão! Ganhar é fácil mas perder, isso sim nos ensina! Vencer sempre é bom, mas vencer em casa tem um gostinho ainda mais especial!

Quero agradecer a todas as pessoas, patrocinadores e apoiadores que contribuiriam de alguma forma para que esse grande sonho fosse possível, pela energia positiva das que torceram por mim de coração”

Obrigada as minhas companheiras de equipe por compartilharem das suas valiosíssimas experiências, pela troca de energia maravilhosa que tivemos antes, durante e pós prova, orgulho não cabe no peito! @taisebenato brilhante seguindo com 2° posição no pódio com um épico prêmio de montanha 💥 dalhe Watts morro a cima 💪👏 Agradecimento ao @chamorro.franciscoo pela ajuda com alguns equipamentos que fizeram total diferença na prova, valeu gringo!

🏁Próximo objetivo, campeonato brasileiro de estrada! Seguura peão!”

Fotos Adriele Mendes Alves


Sobre Rafael Filipe Souza de Oliveira

Rafael de Oliveira, nascido e criado em Campos do Jordão, é engenheiro civil de formação, e um verdadeiro atleta profissional das alturas. Praticante de MTB (Mountain Bike) desde os 8 anos de idade, Rafael conta que sempre teve total apoio da família, e inclusive de sua namorada Graziele.

Para uma melhor performance como atleta, Rafael, passou a praticar também ciclismo de estrada, o que lhe trouxe possibilidade de participar de três etapas do L’Etape Brasil em Campos do Jordão, sendo que nas duas edições anteriores (2018 e 2019), o atleta participou na prova mais longa, só que nesse ano de 2021, escolheu a mais curta, devido ao esforço realizado após a sua participação na 1ª Edição da Epic Race 2021, que ocorreu no último dia 5 de setembro em Campos do Jordão, onde, Rafael, também é um dos idealizadores e organizadores.

Apaixonado pelo esporte, Rafael, leva muito a sério sua vida de atleta, para se manter sempre competitivo, treina todos os dias da semana, e consegue administrar muito bem, conciliando com a rotina do seu trabalho e vida pessoal.

Com muita disciplina, dedicação e suor, Rafael sagrou-se campeão da prova mais curta – 60km, desta 7ª edição do L’Etape Brasil by Tour de France, prova esta, que reuniu atletas de alto nível, nacionais e internacionais.

Para conseguir obter êxito, Rafael ressalta que após sua participação da Epic Race 2021, fez uma rotina de treino que encaixou certinho para chegar preparado, para a maior prova do ciclismo de estrada amador da América Latina.

Um outro fator determinante, para Rafael chegar em primeiro lugar, foi sem dúvida, ser de Campos do Jordão e conhecer bem o trajeto da prova, o atleta chegou a andar metade do percurso sozinho na liderança, conseguindo abrir uma diferença de mais de 2 minutos em relação ao segundo colocado.

Para Rafael, correr em Campos e ganhar é gratificante demais, além de que, o atleta traz boas recordações do Estádio Municipal Benedito Vaz Dias (Campo do Abernéssia), onde, antes da pandemia, sagrou-se também campeão geral da prova casca grossa na modalidade de Mountain Bike.

Agora, após vencer suas duas últimas provas, Rafael de Oliveira, já está se preparando para o Campeonato Brasileiro, que no calendário nacional é a principal corrida, além ainda, da organização do Epic Race 2022 em Campos do Jordão.

Com certeza, podemos dizer que Rafael é um grande orgulho para a cidade de Campos do Jordão, e uma inspiração para nós jordanenses.

Fotos Rafael de Oliveira