Campos do Jordão irá receber em abril versão amadora do Giro d’Itália, uma das maiores provas do ciclismo mundial

O evento contará com duas opções de trajeto: de 110 e 63 quilômetros.

por: Alan Germano ( 3 meses atrás ) - Atualizado: 05/02/2022 09:07

A cidade de Campos do Jordão, será palco, em abril deste ano, de um dos maiores eventos de ciclismo de estrada do mundo: O Giro d’Itália, que tradicionalmente acontece na Itália, em maio.

O Giro d’Itália é reconhecido internacionalmente como “a prova mais difícil nos lugares mais incríveis do mundo”. Paisagens únicas que você só encontra na Itália e um percurso que somente os grandes campeões do ciclismo podem enfrentar.

O Giro d’Itália será realizado em Campos do Jordão no próximo dia 3 de abril, numa prova de um único dia. O Brasil é o segundo país a receber a etapa réplica da competição. Antes, só mesmo Xangai, na China, em 2019 e 2020.

Assim como já acontece com Tour de France, que possui uma versão amadora o L’étape do Tour (que também acontece em Campos do Jordão), com provas consolidadas e realizadas em diversas cidades do mundo, atraindo milhares de fãs. O Giro d’Itália, tem o chamado Giro d’Itália Ride Like a Pro, modalidade que reúne atletas amadores em busca de experiências similares àquelas vivenciadas pelos atletas da elite do ciclismo mundial.

Os organizadores estimam que mais de 25 mil pessoas prestigiem o Giro e passem pelo “Expo Village”, espaço exclusivo para exposição e comercialização de materiais esportivos, além de network entre ciclistas, parceiros e patrocinadores.

“O Giro d’Italia Ride Like a Pro leva em seu DNA o máximo de uma experiência ao ciclista amador comparado ao profissional que compete no Giro d’Itália. Escolhemos a Serra da Mantiqueira justamente por favorecer na construção dessa vivência esportiva”, disse Fábio Oliveira, sócio-diretor do projeto no Brasil

“Tudo isso ficará no centro do Capivari, a região turística mais privilegiada e procurada em Campos do Jordão, pela quantidade de opções de entretenimento e alimentação. A expectativa é que sejam gerados mais de 10 milhões de reais de impacto econômico apenas na semana do evento, especialmente pelo número de municípios envolvidos entre São Paulo e Minas Gerais. Espera-se, também, que o projeto gere mais de 1.500 empregos diretos e indiretos em toda a sua cadeia”, explica Fábio Oliveira.

O evento contará com duas opções de trajeto: de 110 e 63 quilômetros. O trajeto de 110 quilômetros terá 2.650 metros de altimetria, enquanto o de 63 quilômetros registrará 1.350 metros. Na parte mais difícil, os atletas terão de encarar os desafios do trecho de sete quilômetros na Serra do Paiol com inclinações de 13% a 24%. Os percursos passarão ainda por trechos nas belas cidades de Santo Antônio do Pinhal, Sapucaí Mirim e São Bento do Sapucaí.

Por questões de segurança e logística, o evento será limitado para 2.500 atletas amadores, maiores de 18 anos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas por meio do site oficial do evento: giroridelikeaprobrasil.com.br.