Saiba quem São os Candidatos Ligados à Campos do Jordão, que Estão Concorrendo as Eleições de 2022

De acordo com o levantamento que fizemos, listamos 7 candidatos ligados à Campos do Jordão.

por: Alan Germano ( 4 semanas atrás ) - Atualizado: 05/09/2022 17:28

Vale lembrar que a Justiça Eleitoral recebeu pelo menos 28 mil registros de candidaturas para as eleições de outubro. Do total, 10.456 disputam uma das 513 vagas de deputado federal. A região com o maior número de candidatos é a Sudeste com 3.877. O Estado de São Paulo possui 1525 candidatos que estarão concorrendo a 70 vagas para o cargo de Deputado Federal e 2045 candidatos que estarão concorrendo a 94 vagas para o cargo de Deputado Estadual.

De acordo com o levantamento que fizemos, listamos 7 candidatos ligados à Campos do Jordão, que estão concorrendo as eleições de 2022, saiba quem são:

Deputado Estadual

Marina Moreira – Coletivo Mantiqueira

Marina, é candidata a Deputada Estadual pelo partido REDE SUSTENTABILIDADE, natural da cidade de São Paulo, é guia de turismo desde 1993, mora em Campos do Jordão desde 1991, empreendedora, mãe e avó, exerce sua atividade na cidade.

Conhecida como Guia Marina Moreira, atuante na luta constante em prol da valorização e reconhecimento da classe, é uma das fundadoras da Associação de Guias de Turismo em Campos do Jordão e também integrante do Coletivo Mantiqueira, que tem por principal objetivo o fortalecimento do turismo, inclusive a principal pauta da Marina é o turismo como gerador de emprego, renda e inclusão social.

Saiba Mais Sobre a Marina Moreira, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais

Soldado Madalhano

Nascido em Campos do Jordão, Luiz Paulo Madalhano Magalhães, é candidato a Deputado Estadual pelo partido PSC (Partido Social Cristão), possui 32 anos, é casado com Juliana e pai de duas meninas, da Bella e da Anna, esteve em missão de paz no Haiti em 2012 e é ex-policial militar, onde exerceu suas atividades no período de 2015 à 2022.

Muito atuante nas redes sociais, Madalhano, é seguido por praticamente 1 milhão de pessoas, nos perfis que mantém no twitter, tiktok, facebook, instagram e youtube. Seu canal no youtube, já conta com mais de 750 Mil inscritos, onde possui diversos vídeos sobre o dia a dia da política militar.

Tem como principal proposta trabalhar para a valorização dos profissionais de segurança, entre suas propostas estão: fiscalizar batalhões; implantação do banco de permutas; carreira única; respeito ao horário de descanso e limitação da carga horária; extinção da PDO; aumento da licença paternidade; irredutibilidade dos vencimentos em caso de acidente; salário digno;

Saiba Mais sobre o Soldado Madalhano na página de Divulgação de Candidaturas e Contas

Gabriel Pinelli

Gabriel Pinelli Ferraz, candidato a Deputado Estadual pelo partido Podemos, é nascido em Campos do Jordão, filho de Luiz Carlos Ferraz e Susette Ferraz, casado com Mariana, tem 2 filhos é formado em psicologia e professor Universitário, aos 13 anos de idade foi diagnosticado com um tumor na cabeça, venceu o câncer e após esse momento tão difícil na vida, passou a ter como propósito de vida ajudar as pessoas.

Foi voluntário na JOCUM (fundação de Jovens Com Uma Missão), e mais recentemente coordenou o programa Mesa Taubaté. Tem como principal bandeira a Saúde e a defesa dos pacientes com câncer.

Saiba sobre o Gabriel Pinelli, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais:

Dulce Rita

Dulce Rita Chaves de Andrade Dabkiwicz nasceu em 26 de maio de 1950 na cidade de Campos do Jordão-SP e mudou-se para a cidade de São José dos Campos-SP, onde vive há 39 anos. Economista, viúva, mãe de três filhos, avó de dois netos, Servidora Pública Municipal, aposentada e atual vereadora da cidade de São José dos Campos cumprindo seu 6° mandato. Iniciou sua vida política no ano de 1993 como subprefeita do Distrito de Eugênio de Melo na cidade de São José dos Campos, onde atuou no cargo até 1996.

Dulce se afiliou ao PSDB no ano de 2011 e em 2012 se reelegeu com 6.397 votos, em 2016 com 10.353 votos, sendo a vereadora mais votada historicamente da cidade de São José dos Campos e do Vale do Paraíba, e no momento cumpre seu 6° mandato, eleita novamente a vereadora mais votada da cidade e da região com 8.459 votos.

Saiba mais sobre a Dulce Rita, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais

Deputado Federal

Sargento Elaine

Elaine Cristina do Nascimento é nascida na Santa Casa de Campos do Jordão em 1977, Sargento da Policia Militar e Assistente Social. Casada, mãe de duas filhas a Nicolle e a Victoria (que inclusive é adotiva, ela tem hidrocefalia é deficiente visual e auditiva).

O foco do seu trabalho são questões de vulnerabilidade social dos policiais militares e da comunidade, esta há 26 anos na Instituição, é Assistente Social de formação desde 2016, é conhecedora das Politicas Públicas, desta maneira esta apta para analisar de perto o que precisa ser feito para uma politica justa e fiscalizadora dos recursos públicos.

Considerada como uma policial exemplar e que tem uma história na instituição, foi convidada pelo partido dos Republicanos, na chapa do Candidato Tarcísio ao Governo de São Paulo, com a missão de ser candidata a Deputada Federal, sendo identificada por ela que poderia fazer mais pelo Brasil, pelo Estado de São Paulo e pelo Vale do Paraíba (Campos do Jordão).

Entre suas pautas estão: incentivos fiscais para empresas que investirem em escolas públicas e privadas, inserção do assistente social e psicólogo no quadro de profissionais da escola pública, combate aos privilégios políticos, proteção da vida desde a concepção, efetiva fiscalização do uso de verbas públicas, democratização da internet, valorização das forças de segurança públicas e lutar por educação de verdade buscando acabar com a doutrinação esciolar.

Saiba mais sobre a Sargento Elaine, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais.

Renato Bicudo

Nascido em 18 de novembro de 1958 na cidade de São Paulo, Renato é formado em Engenharia Agronômica e Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Londrina e especialização em Recuperação de Empresas pelo Insper-SP, Renato tem uma larga e diversificada experiência profissional no Brasil e exterior. Morou em Washington DC e trabalhou na Embaixada do Brasil e na Corporação Inter-americana de Desenvolvimento, braço privado do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

De volta ao Brasil, dedicou sua vida profissional ao desenvolvimento de negócios e finanças corporativas em posições de alta gestão em empresas nacionais e multinacionais de nas áreas de telecomunicações, infraestrutura, recursos humanos, automotiva, “Venture Capital”, gestão de Family Office e consultoria em recuperação de empresas.

Atualmente mora em Campos do Jordão onde tem a atividade focada em turismo rural e é produtor de azeite artesanal orgânico. Também atua como voluntário em entidade filantrópica de micro crédito, como diretor financeiro da Associação Comercial e Empresarial de Campos do Jordão (ACE) e como vice-presidente financeiro da Campos do Jordão Associação Da Hotelaria E Gastronomia (ASSTUR). Por meio destas associações é vice-presidente do Conselho Municipal da Alimentação Escolar e é membro dos Conselhos Municipais do Meio Ambiente, da Criança e Adolescente e do Plano Diretor Municipal

Renato é Candidato a Deputado Federal pelo Partido Novo, entre suas pautas prioritárias estão: Educação Profissionalizante nas escolas públicas de ensino básico, Redução da burocracia e fomento ao empreendedorismo, melhoria do atendimento da rede pública de saúde (SUS) e pautas específicas da bancada do NOVO.

Saiba mais sobre Renato Bicudo, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais.

Maria Joaquina

Natural da cidade de Brasópolis – MG, Joaquina mora em Campos do Jordão desde criança, veio com a família para a cidade aos 3 anos de idade. Candidata a Deputada Federal pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), mulher, filha e empreendedora, é voluntária atuante desde 1997, na comunidade surda, Casa Acolhida (Rainha da Paz) e do projeto social de Proteção dos Animais, Patinhas que Amam.

Formada em Gestão Pública, Joaquina é pós-graduada em gestão financeira e pós-graduada em libras, é ainda, fundadora do grupo Amigos em Ação de Campos do Jordão (projeto de inclusão social), foi Conselheira Tutelar por 2 mandatos, Secretária Adjunta da Secretaria de Assistência Social de Campos do Jordão por 2 anos e vereadora por 2 mandatos em Campos do Jordão.

Entre suas propostas de trabalho estão: Práticas de políticas públicas para “melhorar o ensino e o aprendizado” em nosso estado e principalmente nas 39 cidades de nossa RMVale do Paraíba e por práticas de políticas públicas que possam “acolher e proteger A MULHER”, por meio da propositura de Leis que protejam a nossa integridade física; psicológica e moral.

Saiba mais sobre Maria Joaquina, na página de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais.

Sobre o Sistema Político Brasileiro

Em nosso país, são eleitos através do voto diversos representantes políticos da população. De acordo com a Constituição de 1988, todo o cidadão com mais de 16 anos tem o direito ao voto, por meio do voto, é possível ao eleitor escolher dentre um leque de opções previamente estabelecido uma pessoa que o representará.

Numa democracia como ocorre no Brasil, as eleições são de fundamental importância, além de representar um ato de cidadania. É necessário entender que a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado democrático de direito no qual “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente” (art. 1º, parágrafo único, da Constituição Federal de 1988).

Assim, o sentido da democracia está na possibilidade de o cidadão exercer a soberania popular, que se concretiza pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto1 na escolha dos governantes. Daí, o eleitor tem em suas mãos um importante instrumento de mudança política e social: o voto.

De acordo ainda com a Constituição Federal, o voto é obrigatório para os cidadãos com idade entre 18 e 70 anos, e facultativo para pessoas com mais de 16 anos. Quem não participar do processo eleitoral e não justificar, estará sujeito a multa.

As Eleições de 2022 terão cinco cargos em disputa: Presidente da República, governador, senador, deputados federais, deputados estaduais e distritais. De acordo com o site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais, na data de 5 de Setembro de 2022, o número de pedidos de candidaturas, estão distribuídos da seguinte forma:

  • Presidente: 13
  • Vice-Presidente: 12
  • Governador: 223
  • Vice-Governador: 232
  • Senador: 240
  • 1º Suplente: 258
  • 2º Suplente: 261
  • Deputado Federal: 10.564
  • Deputado Estadual: 16.661
  • Deputado Distrital: 604

Informações atualizadas em 05/09/2022 às 13:42

Saiba quais são as funções dos cargos em disputa:

Deputados estaduais

As deputadas e deputados estaduais ou distritais representam o povo na esfera estadual (Assembleia Legislativa) ou distrital (Câmara Legislativa do Distrito Federal). Compete a esses parlamentares legislar, propor, emendar, alterar e revogar leis estaduais. Eles também fiscalizam as contas do Poder Executivo estadual, entre outras atribuições.

De acordo com o artigo 27 da Constituição Federal, os deputados estaduais recebem o equivalente a 75% do salário dos deputados federais. Atualmente, esse valor equivale a R$ 25,3 mil.

Governadores

A governadora ou o governador exerce o Poder Executivo no estado e no Distrito Federal. Cabe a quem ocupa o cargo representar, no âmbito interno, a respectiva Unidade da Federação nas relações jurídicas, políticas e administrativas.

Na chefia da administração estadual, é auxiliado pelas secretárias e secretários de estado. Também participa do processo legislativo e responde pela segurança pública. Nesse caso, o governo estadual e do DF contam com as Polícias Civil e Militar e com o Corpo de Bombeiros.

Em razão da autonomia dos estados e do Distrito Federal, cada constituição estadual e a Lei Orgânica do Distrito Federal estipulam as competências e responsabilidades do cargo.

O salário do governador de um estado, é estipulado pelos deputados que ocupam a Assembleia Legislativa, variando de estado para estado. Em média, o subsídio dos governadores brasileiros é de R$ 19.867 reais, o equivalente a 21 salários mínimos. Atualmente, o governador de São Paulo, recebe um salário em torno de R$23.048,59.

Deputados federais

As deputadas e os deputados federais são os representantes do povo no âmbito federal. Compete a eles elaborar leis de abrangência nacional e fiscalizar os atos da pessoa que exerce a Presidência da República. Cabe aos parlamentares apresentar projetos de leis ordinárias e complementares, de decreto legislativo, de resolução e emendas à Constituição, bem como discutir e votar medidas provisórias editadas pelo Executivo e criar Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs).

O salário mensal de um deputado federal, atualmente é de R$ 33.763,00.

Senadores

Já as senadoras e os senadores são os representantes dos estados e do DF no Congresso Nacional. Assim como os integrantes da Câmara dos Deputados, têm a prerrogativa constitucional de fazer leis e de fiscalizar os atos do Poder Executivo. Além disso, a Constituição Federal prevê como competência privativa do Senado: processar e julgar, nos crimes de responsabilidade, os que ocupam os cargos de presidente e vice-presidente, os ministros de Estado e os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), os membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público, o procurador-geral da República e o advogado-geral da União.

Diferente de outros cargos, o mandato do senador dura 8 anos, e tem uma remuneração mensal de R$ 33.763,00.

Presidente da República

A pessoa eleita para a Presidência da República governa e administra os interesses públicos da União. Tem o dever de manter a integridade e a independência do país, bem como apresentar um plano de governo com programas prioritários, projetos de lei de diretrizes orçamentárias e propostas de orçamento. Exerce também atribuições administrativas e legislativas.

Entre as diversas atribuições administrativas do cargo estão nomear os titulares dos ministérios, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), dos tribunais superiores e o advogado-geral da União.

Com relação à política externa, compete ao presidente da República decidir sobre as relações com outros países, sobre o credenciamento de representantes diplomáticos e sobre a celebração de convenções, tratados e atos internacionais, sujeitos a referendo do Congresso Nacional.

O cargo tem duração de 4 anos e o salário bruto é de R$ 30.934,70.