52º Festival de Inverno de Campos do Jordão Entra na 3ª Semana

Ao longo desta terceira semana, ganham destaque na agenda as apresentações diárias de Artistas do Festival até a próxima segunda (25/jul)

por: Alan Germano ( 3 semanas atrás ) - Atualizado: 18/07/2022 18:02

Festival de Inverno de Campos do Jordão, reconhecido como o maior e mais tradicional evento de música clássica da América Latina, realiza sua 52ª edição em 2022. A programação artística e pedagógica acontece de 02 a 31 de julho nas cidades de Campos do Jordão e São Paulo. São ao todo 89 concertos, sendo 80% deles gratuitos, em cinco locais espalhados por Campos: o tradicional Auditório Claudio Santoro, no Parque Felicia Leirner (apresentações de sexta a domingo, e uma na quinta-feira, 28/jul); o recém-inaugurado Parque Capivari (aos sábados e domingos); o Palácio Boa Vista, com concertos na Capela de São Pedro e em um palco externo (sábados e domingos); e a histórica Igreja de Santa Teresinha, no Centro da cidade (às sextas-feiras). A Sala São Paulo também tem uma agenda diária de apresentações, divididas entre a Sala de Concertos e a Sala do Coro, com ênfase em apresentações de Artistas do Festival.

No módulo pedagógico, o Festival de Campos do Jordão está recebendo 142 alunos e 52 professores, que juntos estão vivenciando mais de 1.000 horas-aula ao longo de quase um mês de evento. Acontecem também seis masterclasses com dois professores de destaque no cenário musical internacional: o violoncelista Leonard Elschenbroich e o pianista Alexei Grynyuk (que também realizam um recital no Festival, no dia 29/jul). A Orquestra do Festival, formada por bolsistas, se apresenta sob a regência do turco Çem Mansur (16 e 17/jul); do inglês — radicado no Brasil — Neil Thomson (23/jul); e do brasileiro — radicado nos Estados Unidos — Marcelo Lehninger (dias 30 e 31/jul, encerrando o evento).

TERCEIRA SEMANA DE FESTIVAL

Ao longo desta terceira semana, ganham destaque na agenda as apresentações diárias de Artistas do Festival até a próxima segunda (25/jul), na Sala do Coro (Sala São Paulo); um recital do Coro da Osesp com seu Regente Preparador, William Coelho (22/jul, Igreja de Santa Teresinha); o recital do pianista Lucas Thomazinho com a violoncelista Marina Martins, que venceu o concurso Jovens Solistas de 2018 (22/jul, Auditório Claudio Santoro); uma apresentação com transmissão digital do Grupo de Percussão do Festival e do Grupo PIAP (25/jul, Sala São Paulo); um concerto de música antiga com a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, sob o comando do cravista e regente Fernando Cordella (23/jul, Parque Capivari, e 24/jul, Sala São Paulo); e concertos da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo regida por Roberto Minczuk (24/jul, Auditório Claudio Santoro); da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, sob a batuta de André Muniz (23/jul, Sala São Paulo, e 24/jul, Parque Capivari); e novas performances da tradicional Orquestra do Festival, agora regida pelo britânico Neil Thomson (23/jul, Auditório Claudio Santoro). Apenas a programação do Auditório é paga, com ingressos a R$ 50,00 (com direito a meia-entrada); os demais concertos são gratuitos, com distribuição de ingressos no site do evento e também presencialmente em cada local.

SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO

Criado em 1970 pelos maestros Eleazar de Carvalho, Camargo Guarnieri e Souza Lima, o Festival de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins foi inspirado no Festival de Tanglewood, nos Estados Unidos, e combina, com excelência, uma programação de música de concerto a um trabalho pedagógico amplo e qualificado. Ao longo de suas mais de 50 edições, o evento se consolidou como o maior e mais importante festival de música clássica da América Latina, oferecendo aos bolsistas participantes a vivência com importantes nomes da música nacional e internacional, e, paralelamente, uma programação cultural de qualidade que beneficia não somente a cidade de Campos do Jordão como todo o seu entorno, ampliando as oportunidades de acesso à música erudita.

REALIZAÇÃO

O 52º Festival de Inverno de Campos do Jordão tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski e coordenação artístico-pedagógica de Fabio Zanon. O Festival conta com o patrocínio da Cervejaria Baden Baden, da Sabesp e do Instituto Cultural Vale, apoio da Rede, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e da Fritz Dobbert. Promoção: Folha de S.Paulo, 29Horas e Band Vale. Realização: Fundação Osesp.