Hotel Toriba em Campos do Jordão investe em infraestrutura e bate recordes de ocupação

O empreendimento localizado em uma das regiões mais belas da cidade, bateu recordes de ocupação.

por: Alan Germano ( 3 semanas atrás ) - Atualizado: 06/10/2021 22:15

De acordo com informações publicadas no site HotelierNews, o Hotel Toriba de Campos do Jordão, está sendo um ponto fora da curva na hotelaria brasileira. O hotel vem operando no azul, apesar dos impactos da pandemia.

O empreendimento localizado em uma das regiões mais belas da cidade, bateu recordes de ocupação, chegando a quase 98% em julho, período de alta temporada em Campos do Jordão. Para os próximos meses, as expectativas são altas devido aos investimentos em infraestrutura feitos pela gestão da propriedade.

De acordo com Aref Farkouh, um dos sócios do Toriba, o hotel está em constante transformação. Após a reabertura em 2020, o executivo afirma que todos os meses superaram os resultados performados em 2019. “Estamos batendo recordes de ocupação e faturamento por três fatores: as pessoas estão buscando maior contato com a natureza, pelas restrições de viagens ao exterior e porque arrumamos nossa estrutura”.

Farkouh explica que as ocupações chegaram a cair um pouco em agosto, ganhando estabilização em setembro. “Outubro e novembro devem seguir a mesma linha de setembro em termos de ocupação. Para dezembro, esperamos lotação novamente. As perspectivas da hotelaria de lazer na natureza são excelentes”.

Ao final de 2019, o Toriba inaugurou o restaurante Estação Toriba, focado em sanduíches. No total, o hotel conta com cinco espaços gastronômicos dentro da propriedade e deve abrir um sexto, dentro do Auditório Claudio Santoro, o Felícia Café. “Realizamos muitas apresentações do Toriba Musical no auditório e conseguimos a concessão do restaurante, que deve ser aberto em novembro”, explica Farkouh.

Hotel Toriba: chalés e spa

Ainda em 2021, o empreendimento deve entregar mais cinco chalés de 72 metros quadrados que atendem casais. As UHs contam com vista para a floresta, piso aquecido, jardim privativo, entre outras comodidades. Até o momento, dois foram entregues. Desta forma, o Toriba chega a 60 acomodações.

O spa também sofrerá expansão em breve, ganhando mais duas salas de massagem com previsão de entrega este ano. “Todas as melhorias que fizemos o próprio hotel se paga. Não colocamos nem tiramos nem um real. Tudo é feito com capital de giro. Acredito que qualquer empreendimento hoteleiro precisa se reinventar constantemente para não entrar em decadência. Tenho muita confiança no turismo e que um bom hotel não corre o risco de sofrer com a concorrência de outras modalidades de acomodações, como aluguéis de temporada e multipropriedade”, finaliza o executivo.