Temporada Sabores e Cervejas da Mantiqueira acontece até 31 de Outubro de 2021

De maio a agosto, o fluxo de visitantes foi muito promissor, o que nos levou a realizar neste próximo trimestre eventos que proporcionem aos visitantes uma especial experiência.

por: Alan Germano ( 3 semanas atrás ) - Atualizado: 06/10/2021 20:46

A Associação Cozinha da Mantiqueira, sediada em Campos do Jordão, reúne atualmente 32 associados entre bares, restaurantes, chocolateria e cervejarias artesanais da Mantiqueira e promove até 31 de outubro de 2021 a Temporada Sabores e Cervejas da Mantiqueira.

Anderson Cesar Oliveira, presidente da Associação, explica que a boa localização de Campos do Jordão e Santo Antonio do Pinhal – no eixo São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais – propiciou que o turista voltasse às cidades após o período da pandemia, pois são apenas duas horas de carro e a maioria das atividades e atrações são outdoor. “De maio a agosto, o fluxo de visitantes foi muito promissor, o que nos levou a realizar neste próximo trimestre eventos que proporcionem aos visitantes uma especial experiência, unindo a gastronomia – com produtos excelentes da região – com as cervejas artesanais produzidas na Serra da Mantiqueira – que se tornou uma forte rota cervejeira – contemplando assim os produtores locais e os negócios do turismo regional”, explica.

A Temporada Sabores e Cervejas este ano tem muitas atrações:

Concurso Mestre Cervejeiro de Panela – Lançado já no mês de agosto, o concurso visa eleger a melhor cerveja artesanal feita por um amador, que após fazer a sua inscrição e enviar um link do vídeo de sua cerveja será aprovado para participar do concurso. As amostras das cervejas selecionadas serão avaliadas por um júri especializado, entre mestres cervejeiros profissionais, professores e críticos de cerveja. O primeiro colocado ganhará a produção de 200 garrafas de 500ml de sua cerveja pela Microcervejaria Caras de Malte.

Vídeos sobre as Cervejarias Artesanais – Senac Campos do Jordão – A entidade produzirá cinco vídeos conduzidos pelo professor Fernando Oliveira que visitará as Cervejarias, contará suas histórias, a produção das cervejas e como trabalham a questão regional da Mantiqueira. Os vídeos ficarão disponíveis no Youtube do SENAC a partir da Temporada.

Restaurantes e Bares – Os associados criaram petiscos e pratos especialmente para a Temporada, harmonizados com cervejas das Cervejarias Artesanais da região apoiadoras do evento: Baden Baden, Campos do Jordão, Caras de Malte, Gard e Vemaguet67. Lembrando que todos possuem um selo de “Restaurante Responsável” que está fixado já na entrada dos estabelecimentos, garantindo os protocolos de segurança e higiene.

Brinde especial da Temporada – Copos colecionáveis – O cliente que consumir o prato e a cerveja no restaurante participante do evento ganhará um copo de cerveja com o selo comemorativo numa embalagem com espaço reservado para mais três copos. Esta caixa será entregue ao cliente com o primeiro copo, ficando mais três espaços vagos para ele consumir em diferentes restaurantes e conhecer outros pratos e cervejas artesanais, colecionando assim quatro copos da Temporada que retratam pontos turísticos emblemáticos de Campos do Jordão – Horto Florestal, Pedra do Baú, Capivari e Roda d’agua.

AS CERVEJARIAS ARTESANAIS DA MANTIQUEIRA QUE APOIAM O EVENTO

A visitação ao circuito de Cervejarias Artesanais é programação imperdível em Campos do Jordão durante o festival e a qualquer tempo. Os que elas têm em comum? A água pura e cristalina da Serra da Mantiqueira com a qual são produzidas, resultando em produtos de excelência. São elas:

Cervejaria Baden Baden – A cervejaria é uma das pioneiras no mercado quando o assunto é produção artesanal. Com inúmeros rótulos premiados, oferece aos seus clientes uma verdadeira experiência sensorial.

Fundada por quatro amigos amantes da boa cerveja, a cervejaria é um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão e desde de 1999 encanta milhares de clientes que fazem anualmente o Baden Tour e conhecem a fábrica conduzidos pelo sommelier Thiago Alves. Cervejas: Baden Cristal, Baden Golden, Baden WIT, Baden IPA.

Cervejaria Campos do Jordão – A Cerveja Campos do Jordão nasceu em 2012 trazendo no rótulo o nome da cidade onde nasceu. Ela está localizada no Parque da Cerveja, uma área de 240m², rodeada por grandes araucárias e as mais belas montanhas da Serra da Mantiqueira, onde está a fábrica da cervejaria, que hoje possui uma capacidade de produção de 45 mil litros. Recentemente inaugurou o mirante, que possui vista 180º das paisagens do local, com 140m de altura, para proporcionar um momento único de harmonização da cerveja com a natureza. A marca tem uma carta de sete rótulos de estilos tradicionais de cervejas que trazem em suas receitas diferentes ingredientes: Pinhão (fruto símbolo da cidade) Avelã, Ginger, Dunkel, Dark Strong, Lager e American IPA.

Microcervejaria Caras de Malte – A Caras de Malte fica muito próxima ao centro de Capivari, na estrada que leva ao Horto Florestal de Campos do Jordão. As cervejas receberam nomes que reportam ao planeta Malte e agradam os mais exigentes apreciadores da bebida. São elas: Antimatéria (Munich Helles), Supernova (American IPA); Buraco Negro (Brown Porter); Radioativa (Vienna Lager); Asteroide (Belgian Dark); Chocolate Brown Porter com Cacau Sabor Chocolate; Nebulosa (Witbier); Djalminha (Índia Pale Lager), Double IPA (Blazar), Imperial IPA Maracujá e Imperial IPA Goiaba.

Microcervejaria Vemaguet67 – O temático Bar Vemaguet67 foi fundado em 2014 em Campos do Jordão e recebeu este nome em homenagem ao carro Vemaguet67. Em 2020 o bar recebeu a inovação de uma microcervejaria integrada a um Brew Pub, localizado no centro do bairro de Capivari. As cervejas artesanais receberam como logotipo uma bomba de gasolina e nomes retrôs inspirados nos anos 60, década da fabricação no primeiro carro Vemaguet. São elas: Marcha Lenta – Pilsen; Turbinada – IPA; Fumacê – Weiss; Reboque – Bock e Furiosa – Red.

Microcervejaria Gard – Fundada em 2015 pelos primos e mestres cervejeiros Fabio e Adolpho Julio, a Gard está na Fazenda Gravatá, dentro do Horto Florestal, cercada de mata nativa e banhada por nascentes de água mineral, rica e abundante.

A produção das cervejas é de pequenas quantidades, em sua maioria de receitas clássicas. Os estilos variam mês a mês. A cerveja sugerida para o evento é a PapaGard, sour, sazonal de primavera, com leve acidez, de refrescância originada pela adição de grumixama, fruta nativa da mata atlântica.

A PapaGard foi criada para apoiar o projeto de conservação do papagaio-de-peito-roxo, mantido pelo Parque Estadual de Campos do Jordão. O papagaio de peito roxo é espécie em extinção e muitas das famílias em observação residem nos “ocos” das árvores do Gravatá. A grumixama faz parte da dieta do papagaio. Parte da receita da venda da Papagard é convertida em benefício do projeto de conservação da espécie. Quem tomar a Papagard estará participando desse projeto.