Realmente Vai Nevar em Campos do Jordão?

Em reposta podemos dizer que dessa vez não vai nevar em Campos do Jordão.

por: Alan Germano ( 2 mês atrás ) - Atualizado: 26/07/2021 23:49

Intensa chuva de granizo que cobriu a cidade em Outubro de 2001

Após notícias meteorológicas a respeito da forte massa de ar polar que está chegando no Brasil trazendo queda enorme da temperatura, muitas publicações passaram a circular na internet com informações sobre a possibilidade de nevar em Campos do Jordão, mas será que isso é possível?

Massas de ar

Antes de entramos nessa questão, é importante entendermos o que são massas de ar. Segundo a geografia, as massas de ar são grandes porções de ar que apresentam condições internas de temperatura, pressão e umidade relativamente homogêneas, influenciadas pela região onde são formadas. O local de formação da massa de ar é denominado região de origem, é neste local que a massa de ar irá adquirir suas características de temperatura, pressão e umidade.

Na media que vão se deslocando, as massas de ar vão aos poucos, perdendo as suas características de temperatura, pressão e umidade originadas no momento de sua formação. Elas frequentemente são homogêneas, mas podem se movimentar em locais sem camada homogênea, como na troposfera, podendo ser classificadas em equatorial (formadas próximas da linha do equador), tropical (formadas próximas dos trópicos de capricórnio) ou polar (formadas próximas dos polos norte e sul).

As massas de ar equatoriais e tropicais são quentes, já as massas de ar polar são frias. Para aproveitar o assunto, antes de dizer se realmente é possível nevar em Campos do Jordão, vamos entender a diferença entre geada, chuva congelada, granizo e neve.

Diferenças entre geada, chuva congelada, granizo e neve

Basicamente podemos dizer que a diferença entre esses fenômenos naturais, estão em suas formações, veja a seguir:

Geada: Fenômeno associado ao forte resfriamento do ar e do solo, caracteriza-se pela sublimação do vapor da água em áreas próximas à superfície imediata de contato, com a formação e acúmulo de gelo sobre a superfície, plantas e objetos expostos. A geada branca, mais comum, congela somente a área superficial, enquanto a geada negra é mais forte e pode resultar na morte de plantas.

Chuva Congelada: É como uma chuva normal, líquida, que atravessa uma camada de ar na atmosfera mais resfriada, próxima de 0ºC. Com isso, fica muito perto do ponto de solidificação e, por isso, ela congela ao tocar o solo, diferenciando-se aí da neve, cujas gotas congelam ainda na nuvem. A temperatura no chão, porém, deve estar negativa para que o fenômeno ocorra. Em comparação com a neve, é mais pesada e não flutua.

Granizo: é um tipo de precipitação atmosférica responsável pela queda de gelo em pedaços e apresenta formas irregulares e tamanhos geralmente superiores a 5 mm. Normalmente caem em conjunto com a chuva.

Neve: Diferentemente da geada, a neve é a precipitação atmosférica de cristais de gelo formados pelo congelamento do vapor d’água na atmosfera. Eles se juntam e formam flocos e caem da nuvem em direção ao solo, como a chuva, para nevar não basta ter temperaturas baixas em determinado dia, é preciso que as nuvens estejam úmidas e que tanto a temperatura da atmosfera como a temperatura do solo estejam baixas (em torno de zero grau ou menos). Além disso, é essencial que todo o caminho percorrido pelo vapor d’água que sobe até as nuvens (para formar os cristais de neve) e o que desce (já com ela formada) esteja gelado para que os cristais não derretam, se transformando em chuva.

Quais desses fenômenos ocorreram em Campos do Jordão?

Podemos dizer que todos! É bem verdade que o fenômeno que mais comumente encontramos em Campos do Jordão é a geada, que aliás, nesse ano de 2021 tem ocorrido praticamente todos os dias na estação do inverno e que, de forma bem rara já tivemos também a ocorrência dos fenômenos de chuva congelante, granizo e neve.

Embora a análise dos dados referentes às temperaturas no período de 1965 à 1974, os quais pode-se afirmar que o clima de montanha de Campos do Jordão é do tipo tropical temperado, não apresentando nebulosidade úmida, ventos constantes ou chuvas excessivas, o que torna baixa a probabilidade de nevar, apesar de situada em altitude elevada, a ocorrência de neve é rara devido ao clima seco do inverno, porém, alguns registros apontam que nos anos de 1892, 1897, 1928 ,1942, 1947 e 1966 ocorreram o fenômeno de nevar em Campos do Jordão.

Vai nevar em Campos?

Em reposta podemos dizer que dessa vez não vai nevar em Campos do Jordão, já que para tanto, seria necessário dois fatores: ar muito frio e umidade, mesmo diante de frio intenso, segundo as previsões meteorológicas não existe a possibilidade dessa precipitação, durante a passagem dessa massa de ar polar, mas quem sabe a natureza possa nos presentear em um futuro não muito distante com esse fenômeno, de qualquer forma, aqueles que estiverem na cidade nesta semana, terão grandes chances de registrarem momentos de muito frio na cidade mais alta do Brasil.